Como funciona a Iniciativa Dharma – Parte V


Mais teorias

Fenômenos psíquicos
O escritor Doc Jensen, da Entertainment Weekly, teoriza (em inglês) que um morto assombra a ilha. Os cientistas da Hanso Foundation estavam estudando um fenômeno psíquico conhecido como visão remota. Eles podem estar observando a ilha de outro local ou até mesmo influenciando eventos com o poder da mente. O que dá embasamento a essa teoria?

  • Praticamente tudo o que há de esquisito na ilha: a mediunidade poderia fazer com que todos vissem coisas que na verdade não estão lá.
  • Os murmúrios na floresta: os sons que os sobreviventes escutam na floresta podem não ser os murmúrios de Outros fisicamente presentes. Podem ser as vozes de psíquicos que não estão sequer na ilha.

Experimentos da Iniciativa Dharma


Foto copyright 2004 ABC, Inc. / Mario Perez
Sobreviventes de um acidente ou objetos de pesquisa?

A Iniciativa Dharma poderia ser um grupo de cientistas que realmente estuda o que diz estudar. Seus experimentos poderiam incluir:

  • meteorologia: as chuvas súbitas e as mudanças abruptas nas marés podem ser parte de um experimento, embora possam ser apenas fenômenos climáticos normais;
  • psicologia: a rotina de apertar o botão na Estação 3 pode ser uma “Caixa de Skinner” projetada para estudar o condicionamento operante ou um teste para observar como tarefas monótonas ou sono interrompido afetam as pessoas. Todas as embalagens de comida na Estação 3 possuem um logomarca da Estação “Swan” (Cisne) e não a logomarca básica da Iniciativa Dharma. Essa comida também pode ser parte do experimento;
  • parapsicologia: as vozes na floresta e os sonhos realísticos dos sobreviventes do vôo 815 podem ser causados por influências paranormais;
  • zoologia: o tubarão marcado com a logomarca da Dharma, ursos polares e o pássaro que grita “Hurley” podem ser todos parte de um experimento em animais;
  • eletromagnetismo: parece existir um forte ímã atrás da parede na Estação 3. O monstro de fumaça negra também poderia ser parte de um experimento.

Metáfora literária
Diversos livros e registros aparecem entre os pertences dos sobreviventes do vôo 815 e na Estação 3. Muitas pessoas levantam a teoria de que isso são pistas sobre o que está acontecendo. Eles apontam que “Watership Down” fala sobre coelhos em busca de um novo lar e “A Wrinkle in Time” discute a viagem no tempo e a viagem entre diferentes dimensões. Entretanto, os dois livros possuem temas mais obscuros. “Watership Down” descreve uma situação em que coelhos são engordados para serem mortos. “A Wrinkle in Time” inclui uma briga contra o mal e algo chamado IT que controla as vidas das pessoas nos mínimos detalhes.

Outros livros provavelmente importantes são: “Occurrence at Owl Creek Bridge”, “The Brothers Karamazov”, “Green Lantern/Flash: Faster Friends Part 1”, “Rainbow Six”, “The Turn of the Screw”, “The Third Policeman” e “Are You There, God? It’s Me, Margaret”.

Jogos mentais
É improvável que todos os eventos na ilha estejam se passando na mente de uma pessoa. Mas as memórias dos sobreviventes do vôo 825 podem não ser confiáveis. As freqüentes aparições de uns nas memórias dos outros pode indicar “interferência” ao invés de coincidência ou predestinação. Elas podem ser memórias artificiais que acabaram sendo inseridas nas mentes dos sobreviventes. Afinal de contas, qual a probabilidade de Kate, Locke e Michael terem todos tido acidentes envolvendo o mesmo carro dourado?

Além disso, muitos dos sobreviventes do vôo 815 viram pessoas e objetos na floresta que não deveriam ou não poderiam estar lá. Isso pode ser o resultado de uma alucinação coletiva, controle da mente ou outras “interferências” na percepção dos sobreviventes.

 Links interessantes

Fontes

 Todos os créditos à Tracy V. Wilson.  “HowStuffWorks – Como funciona a Iniciativa DHARMA”.  Publicado em 07 de abril de 2006  (atualizado em 10 de abril de 2007)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s